quinta-feira, 6 de dezembro de 2007

tudo o que penso
é no movimento
intenso
de um ato
de teatro
de uma cena
de cinema
mesmo que tenha de
viver
só com sanduíche
barato
minha vida
quer esse parto
que faz nascer
arte
difusa
confusa
profusa
assim ou assada
tudo bem
o importante
é ir além
carregar a dignidade
até com vaidade
se o for o caso
só não pode
haver atraso
nem pensamento raso
quero o palco
quero o set
quero muito
sempre embalado
por minha amiga
poesia
na alegria
ou na agonia

by cláudio bettega, em 06.12.2007