quinta-feira, 6 de março de 2008

Uma dose de meia hora de teus beijos me embriagaria mais que qualquer porre de cachaça, me excitaria mais que qualquer trepada com qualquer Nicole Kidman. Quero teus lábios aquecendo e molhando os meus, quero teu carinho como meu principal deus. Desmancho um novelo de idéias puxando a ponta da linha com um olhar que te fulmine, te quero me dizendo “sou tua, me domine”. Te levo pro canto e te faço cair no pranto – lágrimas e soluços de tesão, teu corpo vibrando em combustão. Meu pulsar a te enfeitiçar, teu amor a me conquistar. Nossos humores se misturam em coquetel de paixão, nossos corpos se fundem e atingimos a imensidão.